Viajem de onibus ajuda a combater a violência contra mulher

Viagens de ônibus contra violências com mulheres e crianças

Uma viajem de onibus além de colaborar com a locomoção de milhares de pessoas, pode ter outras funcionalidades ainda mais extraordinárias. Uma delas é o combate à violência contra mulheres através de um programa desenvolvido pelo Governo Federal. O projeto tem o nome de “Programa Mulher, Viver Sem Violência” e vai utilizar os ônibus como uma espécie de delegacia móvel para registrar ocorrências e denúncias de maus tratos a mulheres. O objetivo é levar também a conscientização do problema para diversas regiões do país. Cerca de 50 ônibus da Volkswagen/MAN já foram fornecidos ao programa. O modelo é típico para regiões de maior dificuldade de acesso, como acontece em zonas rurais. A intensão é chegar nas rotas rodoviárias mais afastados dos grandes centros, por onde os recursos são mais escassos.

Para esta tarefa, todos os coletivos são passados por alterações e reforços para aguentar o trajeto. Igual ao que acontece com os coletivos do Programa Caminho da Escola, a altura da carroceria é maior do que o convencional e o sistema de suspensão é redobrado. O mais interessante é dentro do ônibus viagens. No lugar das poltronas, existem duas salas de atendimento adequado para ocorrências contra as mulheres. O espaço interno garante uma área especial para o motorista e os funcionários e está equipado com notebooks, impressoras, geradores de energia e projetor externo para telão e 50 cadeiras. Existem também corrimãos e aparelhos na cozinha e no banheiro para auxiliar portadores de deficiência.

O programa é conveniado com o Pacto Nacional pelo Enfrentamento à Violência contra as Mulheres e deve dispor dois ônibus para cada Estado. Os primeiros a receberem estes coletivos foram os Estados do Distrito Federal e Goiás. Na Paraíba também já circulam duas unidades do programa. O Governo Federal acredita que 54 ônibus será suficiente para o programa render bem. A distribuição é feita por federação e está custando cerca de R$ 30 milhões no total. Os dias de atendimento, horários e as viagens de ônibus poderão variar de acordo com os municípios e o próprio Estado. A SPM – Secretaria de Políticas para Mulheres e o Fórum Nacional de Enfrentamento à Violência no Campo e na Floresta são os órgãos responsáveis pela fiscalização.

Velocidade de uma viagem de ônibus em SP aumenta 108%

 Maior velocidade ônibus SP

O tempo de espera entre uma viagem de ônibus e outra, na região norte e sul na cidade de São Paulo tem causado espanto para quem sempre utilizou o transporte neste local. A boa notícia é que o estranhamento é por causa de uma melhoria bem significativa no serviço de transporte público. Quem opta pelas viagens de coletivo nas faixas do novo Corredor Norte-Sul conseguem chegar aos seus destinos com mais de o dobro de velocidade. A dificuldade para se locomover foi transferida apenas para os automóveis. Segundo a CET – Companhia de Engenharia de Tráfego, dados divulgados por estudos que monitoram o desempenho dos veículos neste trecho apontam progressos positivos de mais de 100% no aumento da velocidade atingida.

O espaço prioritário dos ônibus funciona de segunda a sexta-feira, das seis da manhã às dez horas da noite e é responsável pelo abastecimento do Eixo Norte / Sul, com saída do Túnel do Anhangabaú até 200 metros de prolongamento da Avenida Jornalista Roberto Marinho. Foram testadas as operações durante cinco dias do mês de agosto. As medições apontaram que na hora do rush, à tarde, os ônibus viagens conseguiram melhorar seu desempenho em uma média de 108%, o que significa que antes andavam 13,2 km por hora, 14 km a menos do que rodam agora. As viagens rodoviárias realizadas com direção aos bairros também registram melhoras de até 56%, cerca de 6 km a mais.

Durante o período da manhã a vantagem dos corredores é menor. Apesar disso, estudos da CET apontam que os embarques realizados das seis da manhã até às nove da manhã ficaram 47% mais rápidos. Nesses horários, a média de velocidade percorrida por um ônibus é de 22 quilômetros por hora. Os horários de menor movimento chegaram a melhorar em 84%. Deslocamentos pelo centro elevou a velocidade de 15 quilômetros por hora para pouco mais de 29 quilômetros. Já nos bairros, os corredores de ônibus melhoraram as viagens de ônibus em 27% comparadas com a velocidade atual. A média do desempenho desses veículos passou de 15,21 quilômetros por hora para 19,35 quilômetros por hora.

Ônibus de turismo e rodoviários recebem mais 4 faixas em SP

Mais faixas SP ônibus de viagens

Ônibus de turismo e veículos rodoviários nunca tiveram tanta prioridade no trânsito paulista como agora. É que a partir do dia 19 de agosto, mais quatro novos espaços de uso exclusivo para os coletivos começam a ser aproveitados em São Paulo. A Avenida Brigadeiro Luís Antônio, no centro da capital é um dos locais onde o transporte público vai virar prioridade. A faixa começa na Praça Gastão Liberal Pinto e só termina na Rua Maria Paula. Para quem vem dos bairros, um novo trajeto pode ser feito na faixa de ônibus entre a Rua Santo Amaro e a Rua dos Ingleses, nas rotas rodoviárias que dão suporte a alça ao contra fluxo já em funcionamento no local.

O mini corredor atende os passageiros de segunda a sexta-feira, com início às 6 horas até às 22 horas. Horários de sábado mudam na faixa da direita da via, passando a valer das 6 horas até às 14 horas. O corredor que passa pela Avenida Águia de Haia até a Avenida São Miguel fazendo a ligação a Radial Leste não opera nos finais de semana. As viagens de ônibus começam às 5 horas da manhã e só terminam às 21 horas para o centro, no caso do bairro, a operação encerra suas atividades uma hora antes. O atendimento a Rua João Teodoro só acontece pela manhã, mais precisamente entre as 6 horas até às 10 horas. O roteiro se inicia na Avenida do Estado até a Avenida Tiradentes.

O corredor exclusivo para ônibus, Pirituba, na Lapa, vai passar a trabalhar com uma faixa à esquerda da via, como complementação na Avenida Conde Francisco Matarazzo. As viagens rodoviárias começam logo cedo, às 4 horas da manhã e terminam às 11 horas da noite. Nos sábados, os ônibus param mais cedo, às 15 horas. Para o centro da cidade, a nova faixa dá acessibilidade a destinos na Avenida General Olímpio da Silveira e toda região do viaduto Pompéia para o sentido bairro. De acordo com a SPTrans – São Paulo Transportes, empresa que gerencia o transporte público de São Paulo, só nestas novas faixas, cerca de 750 mil pessoas são transportadas diariamente.

Novos sites de busca ajudam na compra de passagens de ônibus

Sites de busca compra de passagens de ônibus

Quem já está acostumado com as viagens e a compra de passagens de ônibus nos guichês sabe como uma simples saidinha despretensiosa pode se tornar um tormento, ainda mais quando a família decide visitar algum parente em cima da hora e por sinal os dias escolhidos são finais de semana e feriados nacionais. A disputa por vagas nos coletivos de ônibus com destinos intermunicipais é grande e pode prejudicar o dia de passeio de qualquer família que resolveu sair sem se programar. É por causa desses e outros motivos que novos sites de busca especializados na consulta e venda de passagens de ônibus pela internet estão em alta no Brasil. À maioria deles é formada por jovens recém-graduados, que dependem do transporte público e veem como o setor necessita desse tipo de investimento.

A ideia principal desses portais é reunir o maior número de empresas de ônibus em um só lugar para facilitar a compra dos usuários, de forma rápida e segura. Uma recente empresa formada por cinco rapazes de São Paulo já disponibilizou em seu site 25 companhias de auto viação com atendimento em todo o país. Apesar da compra ser realizada pela internet, nem todos dispensam a ida até o guichê rodoviário e da própria empresa de transporte. O passageiro emite um voucher pelo site e é obrigado a faz a troca pelos bilhetes nestes locais.

Quem comprar as passagens pela internet também tem direito de cancelar as viagens de ônibus, mas para isso é preciso comunicar no terminal rodoviário 24 horas antes do ônibus embarcar. Depois disso, só é possível o reembolso direto com os responsáveis pela empresa de viação. A maioria dos portais de venda de passagens são bem acessíveis e funcionais. Eles oferecem opção para pesquisar e das rotas rodoviárias com hora de embarque e tempo de duração de todas as viagens rodoviárias. Também é possível escolher a poltrona preferida. É preciso atenção para troca e inversão de datas e horários, nem todos os sites possibilitam essa opção. Quase todos também oferecem canal de atendimento online para esclarecer dúvidas e orientar sobre a navegação dos usuários.

Governo Federal intervém em projeto de viagens de ônibus de SP

 Governo Federal projeto viagens de ônibus SP

A melhoria das viagens de onibus de São Paulo está sendo avaliada por Dilma Rousseff e por isso anunciou que o PAC – Programa de Aceleração do Crescimento das Grandes Cidades vai liberar recursos para que a prefeitura de São Paulo dê início ao processo licitatório de 127 quilômetros a serem construídos para uso exclusivo dos ônibus. A prefeitura acredita que irão serem gastos cerca de R$ 4,4 bilhões para realizar a construção dos corredores. A ajuda e intervenção do Governo Federal é uma maneira de blindar o prefeito da capital, pelo qual é do mesmo partido político de Dilma e uma alternativa para amenizar as críticas e protestos referentes ao transporte público do Brasil.

A expectativa da cidade é que Dilma traga mais benefícios. Ele deve anunciar outras verbas que serão destinas aos setores de drenagem e habitação de São Paulo. Os locais onde receberam os corredores foram escolhidos pela prefeitura. A maioria deles são regiões com pouca oportunidade para viagens rodoviárias. Quem mora na região do Grajaú, localização sul da cidade e um dos pontos de maior congestionamento, poderá comemorar. Lá será construído o Corredor Cocaia, responsável pela integração da Avenida Belmira Marin e outras vias que cortam bairros populosos do sul.  O projeto é caro porque atende todas as normas do padrão BRT – Bus Rapid Transit, que significa em inglês, Trânsito Rápido de Ônibus.

Eles são instalados na esquerda com pouco mais de três metros, sendo possível a ultrapassagem entre os próprios ônibus viagens. A intensão também é abrir um local para compra das passagens e pontos de parada em cada 600 metros. Segundo Diário Oficial da Cidade, assim que for liberado, o projeto pode demorar até dois anos e meio para ser totalmente concluído. A média de transporte nos corredores é de 30 mil passageiros por hora, metade do que uma linha de metrô é capaz de fazer quando esta superlotada. Com tudo, o custo gasto viajando de ônibus é correspondente apenas a 10% do gasto em metrô. O tempo de espera para conclusão de obras no setor também é extremamente desproporcional. Até 2016, São Paulo deve dobrar a quilometragem do metrô em operação.

Jovem vende bombom em viagem de onibus para conhecer Papa

 

Vendendo bombons em viagens de ônibus

O universitário Lúcio de Oliveira, 20 anos, aproveitou a viagem de onibus de casa até a faculdade para vender bombons caseiros e juntar dinheiro para participar da Jornada Mundial da Juventude no Rio de Janeiro. Lúcio mora em Teresina e havia comprado o pacote completo incluindo transporte, hospedagem e alimentação para chegar perto do Papa Francisco. O pacote oferecido pelo grupo religioso de sua igreja fez com que o jovem buscasse alternativas para compensar o valor gasto. A primeira ideia foi vender os doces na Uespi – Universidade Estadual do Piauí, onde Lúcio cursa Direito. Apesar do esforço, só foi dentro do ônibus que o jovem conseguiu comercializar seus quitutes. Desde março, ele aproveitou o tempo das viagens rodoviárias de casa até a universidade para tirar um trocado. Junto com os bombons, Lúcio sempre deixou uma mensagem religiosa para quem contribui com sua causa.

As viagens de ônibus deram a Lúcio o empurrão que ele tanto precisava. Assim que se apresenta e explica o motivo pelo qual esta vendendo os bombons, a maioria dos passageiros acaba comprando e colaborando com ele. “Tem gente que não gosta de chocolate e prefere dar o dinheiro, porém lhe convenço a levar o bombom e dar de presente para alguém. Também aproveito a oportunidade para falar um pouco sobre palavra de Deus”, conta Lúcio de Oliveira. Depois que as vendas embalaram a média de bombons vendidos por dia chegou a ser 50 unidades. Cada um custa apenas R$ 1.

O jovem admite que conseguiria dobrar o número de vendas se abrisse mão dos estudos para vender os bombons o dia todo. Lúcio não quer atrapalhar os estudos e por isso só decidiu comercializar os doces no caminho a universidade. Com quatro meses de venda ferrenhas dentro dos coletivos, Lúcio já havia conseguido cobrir as despesas para viajar de avião, no valor de R$ 500 e mais o pacote com os gastos de hospedagem e alimentação em pouco mais de R$ 500. A realização do sonho agora tem outro objetivo, é presentear os passageiros que o ajudaram a realizar seu desejo pessoal. Lúcio disse comprar algumas lembranças do Rio de Janeiro para poder distribuir dentro do ônibus viagens de Teresinha, como forma de agradecimento.

Conhece o dia do motorista de ônibus rodoviário?

 

25.07 - Dia do motorista rodoviário

Andar de onibus rodoviário faz parte da vida de muita gente aqui no Brasil. Posse ser para ir e voltar do trabalho, chegar até a escola ou simplesmente usar o veículo como locomoção de passeio. A verdade é que nada disso é possível e muito menos cabível se não existisse o profissional que tem a incumbência de conduzir as viagens de ônibus, de chegar até o seu local de destino no horário previsto, com segurança e sensação de dever cumprido. No dia 25 de julho se comemora o dia daquele que é artista ou herói do volante, do profissional que faz do seu ganha pão, o caminho de muitas histórias, recomeços e novos rumos pelo país. É o dia em comemoração aos motoristas de ônibus. Quem está à frente de um volante sabe o quando é importante e gratificante essa comemoração.

É apenas uma parcela de reconhecimento para aquele que se dedica viajando de ônibus e se responsabiliza por dezenas de vidas que nem as conhece e muito pouco provável virá a conhecer. As condições de trabalho também nem sempre são muito favoráveis, é verdade, fazem do motorista uma profissão ainda mais especial. Muitas rodovias mal pavimentadas, muito trânsito e pouca cordialidade, imprudência demais e tempo de menos para quem vive esse cotidiano no trabalho. Apesar das adversidades serem presentes, a maioria admite fazer por prazer, porque gosta e não trocaria o volante por outro emprego.

O fato de estar à frente do veículo mais popular e mais acessível para a população também encanta os donos do volante. O ônibus de fato é ainda o transporte público mais utilizado pelos brasileiros, é o meio de locomoção de viagens rodoviárias mais flexível para chegar em áreas onde nem os serviços básicos de saúde, saneamento e educação são capazes de estar presentes. É por isso que Otair Pagão Neto, de 75 anos se emociona quando começa a contar sua história de vida dentro de uma cabine de ônibus. As lembranças guardam dificuldades que foram sendo superadas com as coisas boas que aos poucos conquistou. Otair é como muitos, apaixonado pelo que fez e satisfeito pelo que tem contribuído com a profissão de motorista.

Viagem de coletivo é apontada como solução para 2050

 

Viagens de coletivo

Mais uma vez estudos sobre a influência de uma viagem de coletivo estão comprovando como o hábito de andar de ônibus pode melhor a qualidade de vida de uma população inteira. Só que desta vez o assunto para ser ainda mais interessante. Isso porque a Agência Internacional de Energia garante que são os ônibus os salvadores dos problemas de superpopulação urbana prevista para acontecer daqui uns 40 anos. Além da lotação nos coletivos e nas rotas rodoviárias habituais a ONU – Organização das Nações Unidas alerta para os riscos no aumento do trânsito e na poluição das cidades. Segundo a entidade, esses problemas devem atingir até 70% de toda a população do planeta até o ano de 2050.

Se o consumo por automóveis e outros veículos particulares continuarem crescendo na mesma proporção, no futuro próximo, as coisas de fato irão piorar. Acontece que o aumento da população é certeiro, mas o espaço para que todos se instalarem e transitem a vontade vai ficando cada vez mais improvável. Contendo medidas para a realidade atual, a Agência Internacional de Energia lançou um relatório que ostenta a necessidade e a urgência de alguns municípios tem em praticar alternativas como a eficiência energética para amenizar os problemas provenientes das ruas. Além de sugerir a redução na liberação de resíduos e gases através de combustíveis, o relatório também quer que daqui pra frente mais pessoas utilizem os transportes públicos para viagens rodoviárias.

Diferente do que acontece em muitos países, a prioridade dos governos ainda passa longe do ideal. Muitos preferem gastar mais e perder mais tempo com obras do que mesmo se preocupar com os incentivos públicos para o transporte coletivo. O que chama a atenção são as receitas geradas com a economia que um plano eficiente pode proporcionar para o planeta. De acordo com o levantamento feito pela agência internacional, pelo menos 70 trilhões de dólares podem ser evitados no mundo todo com a diminuição de carros e motos. Com isso se gastaria menos combustível e o desperdício com obras de infraestrutura e reparo devido à insuficiência de viagens de ônibus seria evitado.

Empresa contrata consórcio para realizar viagens de ônibus

 

Consórcio viagens ônibus

As viagens de ônibus realizadas atualmente pela companhia de viação São Joaquim, empresa responsável pelas operações das linhas da cidade de José de Freitas a Teresina, no Estado do Piauí serão feitas por outras empresas durante dois meses. A mudança é uma forma de melhorar os serviços e a qualidade do transporte municipal. São quatro companhias de ônibus que faram o serviço até que as rotas rodoviárias São Joaquim voltem a acontecer normalmente. As empresas foram contratadas através de um consórcio firmado em uma reunião com o Secretário dos Transportes de José de Freitas, Avelino Neiva, e donos de empresas de ônibus. A conversa que aconteceu na terça-feira, dia 2 de julho, foi marcada para debater projetos de melhorias ao transporte e soluções de problemas encontrados nas conduções da atual operadora.

A medida é uma ação provisória que conta com quatro empresários em parceria através de um consórcio. Juntos eles disponibilizarão 20 unidades de transporte para transportar os passageiros por 90 dias. O prazo também coincide com o período proposto pelo Governo do Estado do Piauí para realizar a licitação das viagens rodoviárias que liga a cidade de Teresinha com José de Freitas. A vinda dos ônibus vai melhorar os serviços das auto frotas Princesa do Sul, Santa Isabel, Expresso Floriano, Barroso e Areá Leão. Enquanto essas trabalham, a viação São Joaquim fica suspensa até que apresente todas as exigências.

Novas reuniões deverão acontecer com representantes do governo e integrantes do grupo de manifestantes que protestam a diminuição do valor das passagens. De acordo com o presidente da Associação dos Usuários do Transporte Coletivo, Celson Bezerra, a realização de subsídios para diminuir as tarifas cobradas nas catracas dos coletivos também estará em pauta. Hoje, os passageiros pagam um valor caro para andar de ônibus. A passagem custa R$ 4,60. Segundo o presidente, o que realmente as pessoas querem é a redução do valor dos bilhetes. Manifestantes da cidade de José de Freitas interditaram a PI-113 por três dias e houve queima de dois ônibus viagens. A ideia do presidente da associação do transporte é conseguir o benefício com a diminuição do ICMS.

Universitários de Maceió ganham mais onibus de viagens

 Ônibus viagens Maceió

O número de onibus de viagens responsáveis pelo transporte de estudantes universitários do campus A.C. Simões, da Universidade Federal de Alagoas foi aumentado pela SMTT – Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito de Maceió em parceria com várias companhias de ônibus do Estado. A ampliação da frota e o aumento das linhas é uma reivindicação antiga dos usuários do serviço público. Com mais veículos rodando, as opções de horários também melhoram. A mudança vai proporcionar na linha Eustáquio Gomes, no sentido Centro mais uma saída para viagens rodoviárias com embarque às 22 horas. Os novos horários costumam sair à noite, para atender os alunos que estudam no período noturno. Durante o mesmo horário outro coletivo vai passar na linha 503 no atendimento a região B.Bentes/Eustáquio, pelas Ruas Santos Dumont, Forene, Graciliano Ramos, Village Campestre I e II e Pátio Maceió. O novo embarque vai ser a última viagem do dia.

Na linha 230, sentido Forene/Trapiche outro veículo rodoviário aparece mais tarde, mais precisamente às 22h20 e o mais tarde às 22h30 na linha Eustáquio/Ponta Verde. A linha que mais vai receber opções nos itinerários é a região Trapiche até a Universidade Federal de Alagoas. Com a implantação de mais três ônibus novos para compor a frota deste local, nove viagens de ônibus serão somadas com as circulações normais. Jorge Bezerra, responsável pela direção da Superintendência do Transporte de Maceió defende o aumento das linhas para que os universitários possam aproveitar mais o tempo livre e os afazeres da faculdade. Segundo ele, vários estudantes reclamavam que eram liberados antes da aula acabar e tinham que esperar muito para pegar o coletivo.

Não é a primeira vez que o município alagoano investe na ampliação da frota de seus veículos rodoviários. Locais como o Dique-Estrada, no Vergel do Lago, e no Alto da Alegria, Benedito Bentes foram recentemente contemplados com novas unidades e mais opções de embarque. De acordo com a SMTT e o prefeito Rui Palmeira, o objetivo principal é continuar organizando viagens de ônibus e beneficiar toda a população da cidade com mais melhorias nos serviços de mobilidade urbana. Empresas de viação estudam a possibilidade de disponibilizar outras benfeitorias.